Procurar
0Item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Product was successfully added to your shopping cart.

Domaine Eleni & Edouard Vocoret

Domaine Eleni & Edouard Vocoret

Este projeto é de um casal muito querido, a Eleni e o Edouard Vocoret, de Chablis. Eleni tem origens alemãs e gregas. Produzia na Áustria vinhos da uva Chardonnay, e confessa que não era uma grande fã da variedade. Edouard nasceu e cresceu em Chablis, em meio aos trabalhos nos vinhedos de sua família. Ele é a 8º geração do Domaine Vocoret et Fils, um dos maiores produtores de Chablis. Ele trabalhou por muito tempo com Daniel Barraud, no Mâconnais. O destino fez com que se conhecessem em 2010, quando trabalharam juntos na colheita na Nova Zelândia. Pouco tempo depois, Eleni se mudou para a França, e trabalhou com Vincent Dauvissat, um dos grandes nomes da viticultura natural na região. Ela diz que aprendeu muito com essa experiência, e que foi das mais enriquecedoras da vida. Em 2012 o pai de Edouard aceitou vender 5 hectares de sua propriedade, para que eles pudessem começar um projeto próprio. Dessa propriedade, 3,3 hectares é o vinhedo chamado de “Bas de Chapelot”. Eleni explica que “Bas” quer dizer “Baixo” em francês, e “Chapelot” é o nome de um Premier Cru. Logo, o vinhedo fica bem abaixo do Premier Cru. É um dos únicos vinhedos na margem direita do rio Serein, que corta a região de Chablis ao meio. Este vinhedo fica bem próximo as margens do rio, e por isso o solo é de uma argila mais escura e as raízes das videiras estão mais profundas. Isso garante ao vinho um perfil mais frutado e exuberante, com aromas de Pêra e Damasco frescos, e maior corpo, com toda a mineralidade, e salinidade de um bom Chablis. Desde que assumiram o vinhedo, eles trabalham para convertê-lo para orgânico, o que conseguiram concluir a dois anos. Eleni diz que o fez por acreditar que é a melhor maneira de se trabalhar, e que pra eles o papel não é importante, por isso não foram atrás de uma certificação. Ela afirma também que entende que a maior parte do trabalho é sempre no vinhedo, e que é necessário ter uma fruta de qualidade para poder fazer um vinho de qualidade, sem intervenções. A colheita é manual, em pequenas caixas. A fermentação é espontânea, e o vinho é “clareado” por gravidade. les contam que como começaram uma vinícola do zero, tudo era novo... Os tanques, as mangueiras... E isso permitiu que se desenvolvesse naturalmente no ambiente de produção toda a flora de leveduras que vieram das uvas. Depois o vinho descansa por 1 ano em barricas de carvalho francês antigas, para arredondar. Eles dizem ainda que todos os seus vinhos são feitos da mesma maneira, para que as diferenças sejam a pura expressão do seu terroir.

Domaine Eleni & Edouard Vocoret

Direção Descendente

   

1 Produto(s)

Direção Descendente

   

1 Produto(s)